Credores da Dielmar dão mais três semanas para ser encontrado comprador

Assembleia foi suspensa e será retomada no dia 26. Só um dos bancos credores votou contra. Sindicato pede “o mesmo empenho” ao Ministério da Economia.

Foto
Sergio Azenha (arquivo)

Os credores da Dielmar deram mais três semanas ao administrador de insolvência para encontrar um acordo que permita a venda da fábrica a eventuais interessados. A decisão foi tomada esta tarde, durante a assembleia de credores, realizada no juízo de Comércio do Fundão, por maioria. Um dos credores, do sector da banca, votou contra, alegando que que se está a “adiar o inevitável”.