Há uma porta aberta contra a solidão em Vila do Conde

Porta 55+, o projecto social que quer combater a solidão em Vila do Conde, já tem 60 beneficiários. Para crescer, procura voluntários com mais de 55 anos.

Foto
Nelson Garrido

Reinaldo e Emília Cruz são irmãos. Têm, respectivamente, 69 e 73 anos. Vivem juntos, desde sempre, em Mindelo, Vila do Conde. Reinaldo, apesar de invisual há mais de uma década, é quem trata da casa e da horta. E das galinhas. Sozinho, consegue lidar com as tarefas domésticas. Só não sabe lidar com a solidão. Por isso fica tão feliz por receber a visita semanal das voluntárias do projecto Porta 55+. Os irmãos vestem-se, literalmente, a rigor para receber Laura Maia e Manuela Veludo. Não falta o melhor adereço: o sorriso. Antes da hora, já Emília aguarda, ansiosamente, a chegada das voluntárias. Olha incessantemente para o portão. A voz forte e quente de Laura, de 75 anos, soa e a alegria genuína é palpável. Hoje veio sozinha. É já notória a cumplicidade existente entre a voluntária e os irmãos. Laura vem visitá-los desde Junho e confessa que já lhe “encheram o coração”. Reinaldo completa os 70 anos e a voluntária está, desde já, convidada. “Mas só se vier nesse dia”, atira o brincalhão Reinaldo. Laura admite que ele é “malandro”. Com a “Mila”, Laura costuma” fazer ginástica.” Ele, só gosta de conversar.

Sugerir correcção
Comentar