Todos os partidos estão infelizes à sua maneira

O declínio do PCP vai torná-lo mais exigente nas negociações para o Orçamento do Estado.

Tempos interessantes: o pós-autárquicas abalou todo o sistema partidário e ninguém ficou totalmente feliz. Parafraseando a frase inicial de Anna Karénina de Tolstoi, os partidos felizes não têm história (enfim, têm poucas), mas os partidos infelizes são-no cada um à sua maneira.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários