Professores que rumam ao Algarve: gastam o ordenado na renda da casa e são despejados à entrada do Verão

A carência de docentes na região algarvia faz com o Sul do país seja visto como uma janela de oportunidade para entrar no quadro. Difícil é encontrar casa, sem ser turista.

Foto
Filipe Farinha / Stills

Muitos professores do Norte do país, com dificuldades de integração no quadro, deslocam-se para sul à procura de uma saída profissional. A região algarvia é uma das zonas onde a carência de docentes mais se faz sentir. Difícil é alugar casa, fora do mercado de oferta turística. Aproximam-se os meses de Verão e os senhorios dão ordens de despejo. É tempo de ganhar dinheiro com os que chegam para gozar férias. Uma tenda de campismo, por vezes, é o que resta a quem não pode suportar preços à inglesa.

Sugerir correcção
Ler 35 comentários