United esteve a vencer mas permitiu empate ao Everton

Uma assistência para golo de Bruno Fernandes não foi suficiente para o Manchester United evitar o empate caseiro com o Everton

Foto
Bruno Fernandes teve uma assistência para golo, mas poucas razões para festejar EPA/Peter Powell

O Manchester United voltou este sábado a desiludir os seus adeptos ao deixar-se empatar em Old Trafford com o Everton a uma bola. Com Cristiano Ronaldo a começar no banco (entrou aos 57’ para o lugar de Edinson Cavani) e Dalot de fora da partida, o único português de início foi Bruno Fernandes que envergou a camisola de capitão.

O ex-jogador do Sporting acabou mesmo por assistir Martial para o primeiro golo do encontro, mesmo em cima do intervalo. 

Apesar da vantagem mínima, o United parecia ter o jogo controlado, mas o Everton foi acreditando e, aos 65’, Townsend empatou o encontro e festejou à moda de Ronaldo, com o madeirense a assistir. Já na recta final, os homens da casa ainda sofreram o segundo golo, que acabou anulado por fora-de-jogo.