Índia autoriza ensaio clínico covid-19 com crianças entre os 7 e os 11 anos

Na Índia já foram administradas mais de 870 milhões de doses a adultos entre a sua população de quase 1,4 mil milhões.

Foto
EPA/FAROOQ KHAN

 O regulador de medicamentos da Índia, na terça-feira, permitiu ao fabricante de vacinas Serum Institute incluir crianças entre os 7 e os 11 anos de idade para o seu ensaio de vacinas covid-19, enquanto o país se prepara para proteger as crianças do coronavírus. Na Índia já foram administradas mais de 870 milhões de doses a adultos entre a sua população de quase 1,4 mil milhões.

“Após deliberação detalhada, o comité recomendou que se permitisse a inscrição de indivíduos de 7 a 11 anos de idade de acordo com o protocolo”, disse um painel de peritos da Central Drugs Standard Control Organization.

A empresa Serum Institute já está a realizar um ensaio da sua vacina covid-19, uma versão produzida na Índia da vacina Novavax, na faixa etária dos 12-17 anos, e apresentou dados de segurança para um grupo inicial de 100 participantes. Até agora, apenas a vacina covid-19 da farmacêutica Zydus Cadila recebeu aprovação de uso de emergência na Índia para ser usada em adultos e crianças com 12 anos ou mais.