Uma morte e 230 casos de covid-19. R(t) volta a subir, mas incidência desce

Portugal continua a aproximar-se da área verde da matriz de risco que ajuda a monitorizar a evolução da situação epidemiológica no país.

Portugal registou, no domingo, uma morte e 230 novos casos de infecção pelo coronavírus SARS-CoV-2, de acordo com os dados mais recentes da Direcção-Geral da Saúde, divulgados esta segunda-feira. Há mais de quatro meses que não se registava um número tão baixo de novos casos diários — desde 17 de Maio (também uma segunda-feira), data em que foram reportadas mais 199 infecções.

Há mais cinco pessoas internadas nos hospitais portugueses, contabilizando-se agora um total de 420 pacientes hospitalizados com covid-19. Por outro lado, há menos quatro pessoas com a doença em unidades de cuidados intensivos, num total de 79.

Segundo os dados que constam do boletim, Lisboa e Vale do Tejo soma 34% dos novos casos reportados a nível nacional, tendo registado mais 78 infectados. Já a região Norte contabiliza mais 54 casos (23%).

Recuperaram da doença mais 479 pessoas, contabilizando-se agora um total de 1.017.935 recuperados. Há ainda a registar menos 250 casos activos de infecção, num total de 31.285 — este número resulta da subtracção do total de recuperados e de óbitos ao total de casos positivos.

O único óbito registado nas últimas 24 horas foi na região Norte e corresponde a uma mulher com 80 anos ou mais.

No total, o país contabiliza 17.955 óbitos por covid-19 e 1.067.175 casos confirmados desde Março de 2020.

R(t) volta a subir, mas incidência desce

Portugal continua a aproximar-se da área verde da matriz de risco que monitoriza a evolução da situação epidemiológica no país.

Segundo a actualização desta segunda-feira, o índice de transmissibilidade do vírus — designado por R(t) — subiu ligeiramente para 0,85 a nível nacional e para 0,84 no território continental. A incidência, por sua vez, desceu e fixa-se actualmente em 111,6 casos de infecção por 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias, em Portugal, valor que sobe para os 113,5 no território continental.

Na actualização anterior, divulgada na passada sexta-feira, o país apresentava um R(t) nacional de 0,83 e de 0,82 no continente. Já a incidência era de 127,3 casos a nível nacional e de 129,7 em território continental. Estes indicadores habitualmente são actualizados às segundas, quartas e sextas.

Lisboa e Vale do Tejo contabiliza um total acumulado de 412.788 casos confirmados desde o início da pandemia, sendo a zona do país com maior número de infecções. Seguem-se o Norte, com 409.625 casos; o Centro, com 142.543 casos (mais 17 em relação ao dia anterior); o Algarve, com 42.480 infectados (mais 35) e o Alentejo, com 38.725 casos (mais 38). O arquipélago dos Açores regista um total de 8806 casos de infecção (mais cinco) e a Madeira contabiliza 12.208 casos (mais três).

Lisboa e Vale do Tejo regista 7670 mortes por covid-19 acumuladas desde Março e a região Norte 5550. O Centro contabiliza 3141 mortes causadas pela doença, o Alentejo 1022 e o Algarve 458. Nos arquipélagos, os Açores contabilizam um total de 42 mortes por covid-19 e a Madeira mantém-se com 72.