Filho de Drahi entra na administração da Altice Portugal

Filho de Patrick Drahi assume lugar na administração da Altice Portugal, Altice Labs e Meo, em substituição de Alain Weill, que deixou o grupo.

Foto
Patrick Drahi fundou a Altice com o português Armando Pereira daniel rocha

Um dos quatro filhos de Patrick Drahi, David Drahi, entrou este Verão para o conselho de administração da Altice Portugal, a dona da Meo.

De acordo com os registos da empresa, um dos gémeos Drahi veio substituir Alain Weill no conselho de administração presidido por Alexandre Fonseca, e onde está ainda Malo Corbin, administrador financeiro do grupo Altice.

David Drahi, que tem no currículo um doutoramento em Física Atómica e Laser pela Universidade de Oxford, exerce funções como director na Altice USA desde 2019. Segundo a nota biográfica publicada no site do braço norte-americano da Altice, David Drahi também trabalhou na Cabovisão – a empresa que é hoje a Nowo e que a Altice teve de vender, depois de comprar a PT Portugal em 2015.

Em Abril deste ano esteve com o pai em Aveiro, na Altice Labs, para conhecer “os últimos desenvolvimentos de produtos e soluções” que a Altice exporta para os mercados onde está presente.

Weill anunciou no Verão a sua saída da Altice França e da SFR, tendo sido substituído na presidência desta empresa por Grégory Rabuel. Em simultâneo, abandonou os restantes cargos em empresas do grupo Altice.

Além da Altice Portugal, David Drahi substituiu Alain Weill na administração da Altice Labs e na Meo, bem como na Meo Serviços Técnicos, para completar os mandatos em curso até 2023. A mudança deu-se em Julho, mas foi publicada este mês.

O franco-israelita Patrick Drahi (que fundou a Altice com o português Armando Pereira) faz questão de ter os filhos envolvidos nos seus negócios. O irmão gémeo de David, Nathan, que trabalhava, segundo a imprensa francesa, na banca de investimento em Londres, foi nomeado este ano director-geral da Sothebys Ásia – Patrick Drahi comprou a leiloeira em 2019, por 3,3 mil milhões de euros – onde começou por liderar, em 2020, o escritório de Hong Kong.

Uma das filhas, Angelina, que é cientista de dados, esteve cinco anos ao serviço da Altice USA, primeiro como analista de dados e depois como directora de Data Science na empresa de publicidade do grupo, a a4 Media.

Este Verão, e segundo a sua página de Linkedin, Angelina trocou Nova Iorque por Tel Aviv, para presidir ao conselho de administração da Patrick & Linda Drahi Foundation (PLFA), a fundação familiar criada em 2014 e registada na Suíça, que desenvolve projectos nas áreas da edução, investigação, artes e empreendedorismo.

Em 2019, Patrick Drahi veio a Lisboa com a outra filha, Graziella, para o lançamento do CTIE - Center for Technological Innovation and Entrepreneurship na Católica Lisbon School of Business and Economics, um projecto apoiado pela fundação da família Drahi.

Graziella Drahi está desde 2017 ligada à Altice USA, ocupando, desde Junho, o cargo de Head of Mobile & VP Offer Strategy.