Número de colocados no ensino superior baixou, apesar de ter havido mais candidatos

Quase um quarto dos 64 mil candidatos ao ensino superior não conseguiu entrar num curso. Mas os 49.452 colocados na 1.ª fase são o segundo número mais elevado em três décadas. “Espectativas irrealistas” dos estudantes e descida das notas em disciplinas como Matemática pode explicar aparente paradoxo.

Foto
Gabriel Sousa

Mais de 14 mil estudantes que se candidataram ao ensino superior não conseguiram uma colocação na 1.ª fase do concurso nacional de acesso, cujos resultados são divulgados este domingo. Há pelo menos uma década que a percentagem de candidatos que garante entrada nas universidades e politécnicos neste período do ingresso não era tão baixa. O número histórico de candidatos e as notas mais baixas nos exames nacionais a algumas disciplinas, como Matemática, ajudam a explicar o fenómeno.

Sugerir correcção
Ler 7 comentários