Cone principal do vulcão em La Palma sofre colapso parcial. Aeroporto da ilha está inoperacional

Actividade vulcânica intensificou-se nas últimas horas. O aeroporto de La Palma, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja. Já foram iniciadas tarefas de limpeza para retomar os voos o mais depressa possível. Ilhas Canárias deverão ser declaradas como zona catastrófica na terça-feira.

vulcanologia,canarias,mundo,espanha,vulcoes,geologia,
Fotogaleria
Reuters/JON NAZCA
,Vulcão
Fotogaleria
EPA/MIGUEL CALERO
vulcanologia,canarias,mundo,espanha,vulcoes,geologia,
Fotogaleria
La Palma, Tenerife, em Espanha Reuters/POOL
vulcanologia,canarias,mundo,espanha,vulcoes,geologia,
Fotogaleria
Reuters/JON NAZCA
vulcanologia,canarias,mundo,espanha,vulcoes,geologia,
Fotogaleria
Reuters/NACHO DOCE
,Erupção vulcânica
Fotogaleria
Reuters/POOL
Cumbre Vieja
Fotogaleria
Reuters/POOL
,Erupção vulcânica
Fotogaleria
Morador retira cinza das folhas de uma planta Reuters/NACHO DOCE
Fotogaleria
Reuters/MARCO TRUJILLO
Fotogaleria
Reuters/MARCO TRUJILLO
La Palma
Fotogaleria
Reuters/NACHO DOCE
,Vulcão
Fotogaleria
Passageiros aguardam pela chegada de barcos para saírem da ilha Reuters/NACHO DOCE
Fotogaleria
Reuters/NACHO DOCE
Fotogaleria
EPA/Miguel Calero

A actividade do vulcão Cumbre Vieja intensificou-se nas últimas horas, na ilha espanhola de La Palma, tendo sofrido um colapso parcial que criou uma “enorme corrente de blocos muito grandes” que deslizam pela encosta abaixo, em direcção ao mar. No total, estima-se que o número de casas e estruturas destruídas tenha chegado aos 400. E devido à acumulação de cinzas, o aeroporto da ilha ficou inoperacional, causando longas filas para sair da ilha de barco.