Obrigado pelo vosso serviço

Chegou o momento de termos corpos especializados de controlo de doenças infecciosas/intervenção em catástrofes, de carácter multidisciplinar, com elementos das Forças Armadas e da proteção civil.

Agora que estamos a chegar aos 85% de cobertura vacinal, graças ao empenho dos profissionais dos centros de vacinação, sob a batuta da equipa do vice-almirante Gouveia e Melo, convém assinalar e sublinhar o contributo de militares, forças de autoridade, e proteção civil nas batalhas da pandemia.