Puigdemont libertado tem de esperar decisão da justiça na Sardenha

Dirigentes políticos e da sociedade civil catalã manifestaram-se no centro de Barcelona em protesto contra a detenção do ex-presidente catalão. Em Madrid, justiça acredita que Itália pode enviar o dirigente para Espanha.

carles-puigdemont,independentismo-catalunha,catalunha,mundo,espanha,europa,
Fotogaleria
A manifestação em Barcelona começou junto ao consulado da Itália na cidade ALBERT GEA/Reuters
carles-puigdemont,independentismo-catalunha,catalunha,mundo,espanha,europa,
Fotogaleria
Manifestante com um cartaz de Puigdemont na manifestação no centro de Barcelona ALBERT GEA/Reuters

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu esta sexta-feira deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont, detido na quinta-feira à noite pela polícia italiana quando aterrou na Sardenha. O juiz considerou que a detenção foi legal, mas não encontrou motivos para que o independentista, actualmente eurodeputado e indiciado em Espanha por crimes de sedição, rebelião e desvio de fundos, permaneça sob custódia enquanto a justiça italiana decide sobre o mandado de detenção europeu que o Supremo Tribunal espanhol diz estar em vigor. A única obrigação de Puigdemont é não abandonar a ilha.