7 dias, 7 fugas: jornadas de festas, sabores e motores, da aldeia à tasca

Piódão enche-se de animação, Olhão faz-se à ria e Aveiro vai à tasca em palco. Famalicão serve vegetais e Viseu começa a aquecer, enquanto a Harley-Davidson estaciona em Lisboa e o Porto brinda ao Oktoberfest.

teatro,motores,musica,aveiro,porto,lisboa,
Fotogaleria
Sábado é dia de festa em Piódão Aldeias Históricas de Portugal
teatro,motores,musica,aveiro,porto,lisboa,
Fotogaleria
Em Famalicão, a iniciativa gastronómica Dias à Mesa saboreia ementas vegetarianas Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão
teatro,motores,musica,aveiro,porto,lisboa,
Fotogaleria
A nova Harley-Davidson Sportster S é a estrela de uma exposição em Lisboa Harley-Davidson
,Oktoberfest
Fotogaleria
No Porto está a decorrer um Oktoberfest Fábrica da Nortada
,Fuseta
Fotogaleria
Em Olhão, o caíque Bom Sucesso entra nas Jornadas Europeias do Património Câmara Municipal de Olhão
,Feira das Lambarices 2021
Fotogaleria
É com Certeza Uma Tasca Portuguesa! estreia-se em Aveiro DR
teatro,motores,musica,aveiro,porto,lisboa,
Fotogaleria
O festival Outono Quente anima Viseu com personagens como Agostinho e Felicidade, da Boca de Cão Catarina Cunha

Sábado, 25: lendas vivas em aldeia histórica

Os caminhos da festa nas Aldeias Históricas de Portugal fazem-se à Serra do Açor, em direcção às casas de xisto que se encavalitam nos seus socalcos, encaixadas como um presépio. Em Piódão, a animação convoca as lendas e memórias da sua história, muitas delas radicadas nos tempos áureos da Estrada Real, quando a aldeia era “o refúgio perfeito de nobres e criminosos foragidos”, lembra a organização. Para abrir o apetite, há show cooking com o chef Fábio Bernardino, às 10h30, junto à Casa da Padaria, com o tema Na cozinha da Avó: Sabores de Cá. Seguem-se um workshop de rodilhas (às 11h45, no Posto de Turismo), um passeio pel’O Caminho do Pão (às 15h30, a partir da Igreja Matriz), uma tocata tradicional com o rancho Malmequeres da Cerdeira (às 16h15, pela aldeia) e, para rematar, um concerto do Laurent Filipe Trio e outro de Manuel Cruz (às 18h15 e 19h30, respectivamente, ambos na antiga escola). O programa detalhado pode ser consultado aqui, onde também se encontram as condições de participação. Também é possível seguir/fazer a festa em casa, através da emissão em streaming. Piódão sucede a Linhares da Beira, Trancoso, Castelo Novo, Castelo Mendo, Sortelha, Belmonte, Almeida, Castelo Rodrigo e Marialva nesta edição do ciclo 12 em Rede - Aldeias em Festa, que ainda há-de visitar Idanha-a-Velha (30 de Outubro) e, finalmente, Monsanto (6 de Novembro).

Domingo, 26: vegetarianos à mesa

Depois de se terem lambuzado com cabrito, rojões, cozinha internacional, galinha mourisca, francesinha e bacalhau, os Dias à Mesa põem a carne e o peixe à beira do prato, para se deliciarem com sabores vegetarianos. A iniciativa gastronómica de Vila Nova de Famalicão quer, com esta ementa, celebrar a gastronomia local e, simultaneamente, esta altura do ano, em que “da natureza despertam uma grande variedade de frutas, legumes e de produtos da terra que nos dão conforto e fazem feliz o nosso palato”. Uvas, abóboras, castanhas, marmelos e outras iguarias da época vão à mesa de uma dúzia de restaurantes do concelho, entre 23 e 26 de Setembro. Mais informações aqui.

Segunda, 27: ao casino em duas rodas

Motards chamados à Galeria de Arte do Casino de Lisboa: a propósito da apresentação de uma nova mota, a emblemática Harley-Davidson monta uma exposição em torno da linha Sportster. Podem ser vistos vários modelos que saíram à estrada desde o início da produção, em 1957, incluindo motas como a Sportster XL de 1958 ou a Sportster 1200C, que assinalou o 50.º aniversário da gama. Mas a estrela do grupo é a nova Harley-Davidson Sportster S, que pode ser admirada e também experimentada, marcando um test ride no local. Inaugurada a 21 de Setembro, a exposição prolonga-se até 3 de Outubro e está aberta todos os dias, no horário de funcionamento do casino (das 14h às 2h). A entrada é livre.

Terça, 28: que se levantem as canecas

Ainda Outubro não chegou e já no centro do Porto se fazem brindes ao Oktoberfest. Desde 24 de Setembro que a Fábrica da Nortada está mergulhada na sua versão da famosa festa alemã da cerveja. Até 9 de Outubro, as canecas erguem-se por entre decorações, jogos e menus temáticos. Para provar, há ingredientes tradicionais, sem faltarem as salsichas ou o schnitzel à alemã. Para entreter, uma partida de beer pong, um desafio de stein holding (modalidade de “levantamento da caneca”) ou um “jogo das damas em versão cervejeira”. Para beber, a Märzen destaca-se na carta por ser a cerveja criada para a ocasião. A Fábrica da Nortada está aberta de terça a sábado, das 17h30h às 2h.

Quarta, 29: Bom Sucesso em jornada

O Museu Municipal de Olhão faz-se ao mar no caíque Bom Sucesso. Trata-se de um passeio interpretativo, particularmente apontado a jovens entre os 12 e os 25 anos, para os “sensibilizar para o património cultural subjacente à paisagem da ria Formosa”. Solta amarras a 29 de Setembro, tendo como ponto de encontro o edifício do Compromisso Marítimo, às 14h30 (mais informações pelo e-mail museu@cm-olhao.pt). Esta viagem é uma das muitas formas de embarcar nas Jornadas Europeias do Património, que decorrem por todo o país, entre 24 de Setembro e 3 de Outubro. Há centenas de propostas para todas as idades, condições e interesses. A maioria tem entrada livre e todas se mobilizam para cumprir o tema deste ano, Património Inclusivo e Diversificado, devidamente carimbadas com o #patrimonioenosso.

Quinta, 30: um tasqueiro e um freguês entram num musical

Bem-vindos “à taberna mais psicadélica de que já ouviram falar”. O convite vem de Gerson Batista, o premiado e profícuo compositor, multi-instrumentista e encenador que criou a peça de teatro musical É com Certeza Uma Tasca Portuguesa!. Centra-se em dois percussionistas/personagens: o taberneiro e um freguês habitual. Da sua interacção nasce “esta viagem insana pelo espaço e pelo tempo”, anuncia Batista, que também garante que, “na estreia, vai estar mesmo tudo transformado numa tasca” – o que se traduz, segundo a sinopse do espectáculo, na exploração de “elementos caricatos inspirados neste micro-ambiente tão cheio de tiques e tradição (...), onde o conhecimento e a ignorância bailam juntos, dando surgimento a uma cultura própria e rica em perspectivas únicas”. Está marcada para 30 de Setembro, às 21h30, no Teatro Aveirense. A entrada custa 3€.

Sexta, 1: Outubro fresco, Outono Quente

Para este início de estação, Viseu reservou um Outono Quente – nome de um festival para toda a família, que chega à décima edição com a vontade intocada de surpreender e aquecer a cidade. Entre 1 e 10 de Outubro, por obra da Zunzum - Associação Cultural, o Parque Aquilino Ribeiro anima-se com propostas que aliam artes, bem-estar e envolvimento da comunidade. Além de espectáculos de teatro, música, poesia, dança, marionetas e magia, o programa contempla animação de rua, apresentações de livros, os tradicionais “Jogos do Hélder”, oficinas (patchwork, macramê, sombras, teatro, máscaras em barro, jardins suspensos…), ioga, concertos meditativos, conversas, contos e um Mercado de Outono. A entrada é livre, mas sujeita a inscrição, através do site do festival, onde também se pode consultar o alinhamento ao pormenor.