O combate à “hora do lobo” não passa por dietas restritivas

Numa altura em que a obesidade é um problema transversal a todas as idades, perder peso não deveria ser o objectivo, mas antes ter por base hábitos saudáveis.

Foto
Unsplash/Diana Polekhina

A prevalência de obesidade na população adulta em Portugal, segundo dados da OCDE, é de 28,7%. Já entre os mais novos, uma em cada três crianças (29,6%) tem excesso de peso e 12% obesidade. No entanto, para inverter a tendência, importa sobretudo reeducar, explicaram a nutricionista Ágata Roquette, autora de O Grande Livro da Alimentação Saudável, e a médica endocrinologista Joana Menezes Nunes, que acaba de lançar Do XL ao S – Perder Peso com Saúde e saber Mantê-lo, em mais uma edição da Conversa Ímpar, esta quarta-feira.