Trudeau quis uma nova maioria, mas o Canadá não quer fazer-lhe a vontade

Sondagens sobre as eleições antecipadas desta segunda-feira apontam para uma vitória dos Liberais de Justin Trudeau, mas com números muito aquém daqueles que o primeiro-ministro acreditava serem possíveis há apenas um mês.

Foto
Justin Trudeau, 49 anos, chegou à liderança do Governo pela primeira vez em 2015 Reuters/CARLOS OSORIO

Em apenas um mês, o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, acordou do sonho de uma reeleição com maioria absoluta e entrou num pesadelo que pode atirá-lo — no pior dos cenários das sondagens — para uma luta desesperada pela sobrevivência política nos próximos anos.