ADSE recua e volta a pagar análises e exames prescritos pelo SNS

Perante as reclamações recebidas, o conselho directivo da ADSE suspendeu a regra que impedia a comparticipação dos actos prescritos pelo Serviço Nacional de Saúde. Associação de beneficiários continua a insistir na necessidade de revogar esta regra.

Foto
Rui Gaudêncio

A ADSE suspendeu a aplicação da regra que acabava com a comparticipação das análises ou exames prescritos pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS) e pelo Serviço Regional de Saúde (SRS) que os beneficiários faziam em clínicas ou laboratórios privados. Depois de ter recebido várias reclamações a propósito desta nova regra, que está prevista na nova tabela de preços do regime convencionado, o conselho directivo da ADSE decidiu suspendê-la e vai continuar a comparticipar estes actos até tomar uma decisão definitiva sobre o assunto.