Juventus continua sem ganhar. PSG vence com golo nos descontos

Vecchia signora” empatou em casa com o AC Milan na quarta jornada da Serie A e soma apenas dois pontos. PSG consegue a vitória aos 90+4’.

Foto
Equipa de Massimiliano Allegri soma apenas dois pontos e quatro jogos Reuters/MASSIMO PINCA

Mais um jogo e a Juventus continua sem vencer após a saída de Cristiano Ronaldo. Este domingo, a "vecchia signora” não foi além de um empate (1-1) na recepção ao AC Milan, na quarta jornada da Liga italiana.

A Juventus entrou no jogo praticamente a vencer. Logo aos 4 minutos, a equipa de Massimiliano Allegri beneficiou de uma perda de bola e, em contra-ataque, Alvaro Morata fez o 1-0. 

Numa primeira parte em que o Milan não teve qualquer ocasião clara de golo, foi a “vecchia signora” quem esteve sempre mais perto de chegar ao segundo golo.

Mas a quinze minutos do apito final, o AC Milan - que alinhou com Rafael Leão os 90 minutos - chegou ao empate com Ante Rebic a saltar mais alto dentro da área e a fazer um cabeceamento para o 1-1. 

Com este resultado, a Juventus continua sem vencer na Serie A (dois empates e duas derrotas em quatro jogos) e soma apenas dois pontos no 18.º lugar. O Milan tem agora 10 pontos e está, à condição, no segundo lugar da liga italiana.

PSG vence com golo aos 90+4'

Já em França, o embate entre Paris-Saint Germain e Lyon, que encerrou a jornada seis da Ligue 1, terminou com uma vitória por 2-1 da equipa de Pochettino, num encontro em que o golo da vitória foi marcado aos 90+4’ e que contou com dois portugueses como titulares - Nuno Mendes e Anthony Lopes.

Aos 9 minutos, Angel Di María rematou para o canto inferior direito, com Anthony Lopes a ter de se esticar para defender. Do lado do Lyon, foi Shaqiri quem levou algum perigo à baliza de Donnaruma.

Ainda assim, foi o PSG quem esteve sempre mais perto de mexer o marcador. Aos 32 minutos, Anthony Lopes voltou a negar o golo à equipa da casa, desta vez a Lionel Messi. Pouco depois, o argentino acertou e cheio na barra na cobrança de um livre.

No segundo tempo, o Lyon privilegiou a posse de bola e aos 54 minutos conseguiu mesmo chegar à vantagem no encontro. Ekambi assistiu Lucas Paquetá e, já dentro da área, fez um remate que só parou no fundo das redes.

E foi de grande penalidade que, aos 66 minutos, o PSG chegou ao empate. Malo Gusto comete uma falta dentro da área e na conversão Neymar fez o 1-1. A reviravolta do marcador aconteceu já em tempo de compensação (90+4') com Mbappé a assistir Mauro Icardi para o 2-1.

Com este resultado, o PSG contínua líder da liga francesa sem qualquer derrota (16 pontos). O Lyon mantém os mesmos oito pontos na nona posição.