Madeira: Jardim regressou e está na campanha no Funchal

Antigo governante estava afastado da política partidária activa desde que deixou a liderança do executivo madeirense, em 2015. Regressou agora em força, para apoiar o candidato do partido para o Funchal.

Foto
Alberto João Jardim ressurgiu nesta campanha autárquica Paulo Pimenta

Alberto João Jardim, no palco, a chamar talibans aos socialistas. Não fossem as máscaras, o distanciamento social e os símbolos, mesmo discretos, do CDS, que se vão vendo nas bandeiras onde o laranja continua a ser predominante, dir-se-ia estarmos em 2011, na campanha para as regionais desse ano, a última em que o histórico governante madeirense esteve envolvido. Ou noutra qualquer campanha, e foram tantas, em que Jardim a liderar o seu PPD/PSD no arquipélago participou ao longo de quase 40 anos de poder (1978-2015).