A sociedade civil está a recuperar o vinho de Carcavelos

Foi vinho com fama internacional e já teve a certidão de óbito passada em diferentes datas, mas, contra tudo o que seria de esperar, o vinho de Carcavelos renasce. Por causa da visão estratégica das câmaras municipais de Oeiras e Cascais e por causa da dedicação da população. Na primeira vindima no Mosteiro de Santa Maria do Mar (Carcavelos) foi o povo que cortou os cachos. Quanto ao vinho, vamos ter que esperar uns 5 anos. Já faltou mais.

cascais,vinhos,fugas,agricultura,alentejo,ambiente,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
cascais,vinhos,fugas,agricultura,alentejo,ambiente,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
cascais,vinhos,fugas,agricultura,alentejo,ambiente,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
cascais,vinhos,fugas,agricultura,alentejo,ambiente,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio
cascais,vinhos,fugas,agricultura,alentejo,ambiente,
Fotogaleria
Rui Gaudêncio

Ilda Silva tem 68 anos, nasceu em Vila de Rei e vive há muito no concelho de Cascais. Funcionária da Legran Eléctrica, pensava que trabalharia até aos 70 anos. Com a sucessão de crises que nos perseguem desde o início do século, Ilda foi despedida aos 62 anos, coisa que lhe provocou uma depressão. “Ficava em casa e não queria ver ninguém. Só saía, uma vez por mês, para carimbar os papéis da baixa.”