Médico chamou charlatão a Pedro Choy. Terapeuta exige-lhe 80 mil euros

Medicina convencional e medicina tradicional chinesa digladiam-se em tribunal, num litígio em que a liberdade de expressão mede armas com o direito ao bom nome.

Foto
Rui Gaudencio

Promete ser violento nas palavras o duelo que vai travar-se a partir desta sexta-feira no Campus da Justiça, em Lisboa. Um paladino da medicina convencional, o médico João Júlio Cerqueira, enfrenta o empresário que impulsionou a medicina tradicional chinesa em Portugal, Pedro Choy. Num blogue que criou para combater os “terapeutas holísticos” e os “ambientalistas simplórios”, o clínico de Matosinhos tem-se dedicado a atacar sem piedade os praticantes de terapias alternativas, que considera serem perigosos charlatães ávidos de lucrarem à custa da credulidade dos ignorantes.