Vladimiro Feliz confiante de que Paranhos continuará no PSD

Miguel Seabra quer suceder a Alberto Machado para voltar a liderar a única junta social-democrata da cidade. A aposta é forte nesta freguesia, porém, não há referência ao candidato à câmara nos folhetos da campanha em Paranhos.

Foto
LUSA/RUI MANUEL FARINHA / LUSA

O candidato muda, mas Paranhos continua a ser uma aposta forte para o PSD nestas autárquicas. Vladimiro Feliz acredita que esta junta de freguesia continuará a ser liderada pelos sociais-democratas, que, por força da limitação de mandatos, apostam noutro candidato para garantir não a deixar fugir para os independentes de Rui Moreira.

O candidato à câmara pelo PSD parece estar descansado com a manutenção do mandato em Paranhos. Na arruada desta quinta-feira de manhã pelas ruas da única freguesia laranja da cidade, reitera ao PÚBLICO a confiança que tem nos paranhenses para renovarem mais um mandato. “Se virmos nos estudos, o autarca com mais reputação no Porto é o actual presidente da junta de Paranhos”, sublinha.

Porém, já não será, seguramente, Alberto Machado o próximo presidente da junta, por ter atingido o limite de mandatos cumpridos. Volta a tentar esta freguesia uma cara conhecida dos eleitores desta zona da cidade: o ex-presidente da junta Miguel Seabra. A pouco mais de uma semana da corrida às urnas, Vladimiro Feliz acredita que Moreira não chegará perto de angariar mais uma freguesia para o seu movimento independente. 

“Percebo que Rui Moreira esteja obcecado por ganhar esta junta ao PSD, que é uma junta histórica, onde temos marca e uma equipa que convence os paranhenses. Acho é que Rui Moreira devia estar mais empenhado em encontrar um candidato para Campanhã, uma vez que anda a disputar o candidato com o PS talvez por orientação de António Costa, com quem tanto gosta de falar da política centralista que gosta de aplicar no Porto”, atira, sublinhando o apoio demonstrado pelo actual presidente da câmara a Ernesto Santos, actual presidente e candidato socialista em Campanhã. 

Percebe-se pelas palavras de Vladimiro Feliz que o PSD está focado em repetir a vitória em Paranhos. O mesmo parece acontecer com o antigo presidente da junta e o actual candidato, que apostaram todas as fichas para se destacarem nos folhetos da campanha, em prejuízo do candidato à câmara. No folheto de Paranhos, Miguel Seabra aparece na fotografia de capa ao lado de Alberto Machado, não existindo qualquer referência ao candidato à câmara, ao contrário do que acontece noutras freguesias.

O PÚBLICO pergunta se não estranha a opção gráfica. O antigo vice-presidente de Rui Rio no Porto, diz que esta circunstância prende-se com a necessidade de reutilizar materiais. Ao mesmo tempo, sublinha: “Há uma clara aposta naquilo que também é a notoriedade dos nossos autarcas de Paranhos, que é muito forte.”