Bayern goleia em Barcelona. Chelsea e Juventus também vencem

Candidatos ao título entraram com o “pé direito” nos jogos da noite desta terça-feira da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Foto
Lewandowski fez dos dos três golos do triunfo do Bayern Munique frente ao Barcelona EPA/Alejandro Garcia

Os jogos da primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões continuaram na noite desta terça-feira e sem grandes surpresas nos resultados. No jogo grande do dia, o Bayern Munique foi a Camp Nou derrotar o Barcelona por 3-0 numa partida do grupo E.

Foi o Bayern quem esteve sempre mais perto de inaugurar o marcador - primeiro por Leroy Sane (19') e depois por Jamal Musiala (27'), mas foi Thomas Muller quem desfez a igualdade aos 34 minutos, com um remate que acaba desviado e trai André ter Stegen.

No início do segundo tempo, Leroy Sane esteve perto de dilatar a vantagem, mas Ter Stegen fez uma grande defesa e logo a seguir foi Musiala a acertar em cheio no poste direito. Porém, aos 56 minutos, o guardião alemão não conseguiu evitar o segundo golo do Bayern Munique que teve a assinatura de Lewandowski. O resultado ganhou contornos de goleada quando o mesmo Lewandowski “bisou” na partida a cinco minutos do apito final e fez o 3-0.

Em jogo do grupo H, o campeão em título Chelsea venceu o Zenit por 1-0. As ocasiões flagrantes de golo só surgiram no segundo tempo e foi para o Chelsea. Aos 50 minutos, Antonio Rudiger rematou com muito perigo e pouco depois foi a vez de Reece James. 

Mas o empate no marcador foi desfeito aos 69 minutos com Azpilicueta a fazer uma assistência para Lukaku, que concluiu com um cabeceamento para o canto inferior esquerdo da baliza de Kritsyuk e garantiu os três pontos para os ingleses.

Juventus vence, Lille empata

No grupo H, a Juventus - que vinha de uma derrota a contar para a Liga italiana - goleou o Malmo por 3-0, numa partida que foi arbitrada pelo português Artur Soares Dias. 

A formação treinada por Massimiliano Allegri estava por cima no jogo - Morata e Paulo Dybala deixaram avisos logo cedo - e chegou ao 1-0 aos 23 minutos por Alex Sandro, depois de um passe longo de Rodrigo Bentancur. E mesmo em cima do intervalo, Paulo Dybala fez o segundo para a Juventus de grande penalidade (45') e Ismael Diawara assitiu Alvaro Morata para o 3-0 (45+1').

Destaque ainda para o 0-0 entre Lille e Wolfsburgo (grupo G), que contou com José Fonte e Xeka a alinhar de início. No primeiro tempo foi a equipa de Jocelyn Gourvennec a dispõs das ocasiões de golo mais evidentes, mas o jogo foi empatado para o intervalo. 

Logo a abrir a segunda parte, o Lille marcou por Jonathan David, mas o golo acabou por ser invalidado por fora-de-jogo. Aos 65 minutos, o Wolfsburgo ficou com menos um jogador em campo, após John Brooks ver o segundo amarelo do encontro.