Depois de 13 anos de tutela, Britney Spears está noiva de Sam Asghari

A notícia foi partilhada pelo casal no Instagram. “Não posso acreditar”, escreveu a artista de 39 anos.

Foto
O casal conheceu-se em 2016 nos bastidores de um videoclip da artista Reuters/MARIO ANZUONI

Britney Spears vai casar. Treze anos depois de ter perdido o direito à autodeterminação, a cantora ficou noiva de Sam Asghari. A notícia foi partilhada por ambos no Instagram. “Não posso acreditar”, escreveu a artista. Os desejos de Spears parecem estar a concretizar-se. Nas primeiras declarações públicas, em Junho, disse, ao tribunal, que queria voltar a casar e ter um filho. O primeiro passo para concretizar os seus sonhos já foi tomado, este domingo.

Asghari e Spears conheceram-se em 2016, nos bastidores para fazer o videoclip da música Slumber Party. Desde então estão juntos e, mais de quatro anos depois, parece ter chegado a hora do ‘sim’. A novidade foi confirmada, à revista People, pelo manager do noivo de Britney, Brandon Cohen, que diz estar “orgulhoso ao celebrar e confirmar o noivado”. “O casal tornou oficial a sua relação duradoura hoje e está profundamente sensibilizado pelo apoio, dedicação e amor expressado para consigo”, acrescentou a mesma fonte.

O anel foi feito pelo joalheiro Roman Malayev, de Nova Iorque, avançou também Cohen. O designer não podia “estar mais feliz por poder fazer este anel único”, garante. Nas fotografias partilhadas pelo casal, pode ver-se a jóia com um diamante vistoso. Para já, não se sabem mais detalhes quanto à data ou local da cerimónia.

A cantora tem elogiado publicamente o noivo por a ter ajudado a passar os “anos mais difíceis” da sua vida. “Este querido tem não só estado comigo durante os anos mais difíceis da minha vida, mas também é um cozinheiro extremamente dotado”, escreveu, no Instagram, em Agosto. Britney Spears confessou, em declarações ao tribunal de Los Angeles, que quer voltar a casar e ser mãe. A artista é mãe de Sean, de 15, e Jayden, 12 anos, ambos filhos do bailarino e rapper Kevin Federline, sob os quais tem apenas 30% da custódia.

Também Sam Asghari já falou publicamente sobre a sua vontade de ser pai. Numa entrevista à revista Forbes, em Março deste ano, o actor iraniano de 27 anos disse estar pronto a avançar na carreira e também na relação com Spears: “Quero levar a carreira ao próximo nível no que toca à representação. Também quero levar a minha relação ao próximo nível. Não me importava de me tornar pai. Quero ser um pai novo.

Este será o terceiro casamento da artista de 39 anos. Em 2004, Spears casou com o amigo de infância Jason Alexander, em Las Vegas. O casamento foi anulado apenas 55 horas depois. Nesse mesmo ano deu o nó com Kevin Federline. Divorciou-se do pai dos filhos em 2007.

Todos os desejos de Britney Spears parecem estar a tornar-se realidade. Há uma semana, o seu pai entrou com o pedido para pôr fim à tutela que controla a vida e as finanças da artista no Tribunal Superior de Los Angeles. Desde 2008, que a cantora de Baby One More Time perdeu o direito à autodeterminação, na sequência de um esgotamento, após uma série de comportamentos erráticos. As decisões médicas e da sua vida pessoal passaram a estar nas mãos do pai, enquanto a fortuna, avaliada na época em 60 milhões de dólares, ficou a ser gerida em conjunto com o advogado Andrew Wallet. A situação manteve-se inalterada até 2019, altura em que Wallet se demitiu e Jamie Spears se tornou o único curador do património da filha.

 O caso, que tem mobilizado a atenção dos meios de comunicação social e de milhões de fãs, parece estar a chegar ao fim. A petição de Jamie Spears deve ser aprovada pela juíza Brenda Penny. Na próxima audiência, marcada para 29 de Setembro, Penny deveria ouvir o advogado de Britney Spears que ia defender a remoção do pai da cantora do cargo de tutor. Se tudo correr como esperado, a artista ver-se-á livre do pai e, em breve, estará a caminho do altar.