“A mentalidade estava na Guerra Fria, apesar de a União Soviética ter colapsado dez anos antes”

John J. Farmer era o procurador-geral de Nova Jérsia na altura do 11 de Setembro e fez parte da comissão do Congresso que investigou os ataques.

Foto
No livro "The Ground Truth", Farmer faz um relato do dia dos ataques a partir das comunicações entre as autoridades civis e militares DR

John Farmer, director do Instituto Eagleton na Universidade Rutgers, em Nova Jérsia, escreveu um livro sobre a sua experiência na linha da frente do 11 de Setembro, onde desmonta a ideia de que os EUA foram surpreendidos e pouco podiam ter feito para evitar o ataque.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários