Pais continuam a ficar à porta das creches. Passeios no exterior voltam a ser possíveis

Orientações da Direcção-Geral da Saúde mantêm salas separadas por grupos de crianças e a manutenção do distanciamento nas horas das sestas e refeições. Poderá ser feito um rastreio a todos os funcionários, independentemente do estado vacinal.

Foto
PAULO PIMENTA

A revisão das orientações da Direcção-Geral da Saúde (DGS) para creches e amas, publicada esta quinta-feira, mantém as regras de salas separadas por grupos de crianças e a manutenção do distanciamento nas horas das sestas e refeições. Os pais, mesmo vacinados, terão de continuar a deixar os bebés à porta. Segundo o documento, “poderá ser considerado um rastreio a todos os funcionários, independentemente do seu estado vacinal”. Passeios no exterior deixam de estar suspensos desde que todas as regras sejam respeitadas.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários