Afonso Cruz no Encontro de Leituras de Setembro

O escritor, ilustrador, cineasta e músico da banda The Soaked Lamb é o convidado do o clube de leitura do PÚBLICO e da Folha de S. Paulo que se realiza a 14 de Setembro, às 22h de Lisboa (18h de Brasília), numa sessão Zoom com a ID 912 9667 0245 e a senha de acesso 547272. Conversará com os seus leitores sobre o romance A Boneca de Kokoschka.

Foto
Afonso Cruz Miguel Manso

Lá para Outubro sairá em Portugal um novo romance de Afonso Cruz intitulado Sinopse de amor e de guerra. Mas enquanto isso não acontece, o escritor português irá conversar com os seus leitores na sessão de Setembro do Encontro de Leituras sobre A Boneca de Kokoschka, que recebeu o Prémio União Europeia de Literatura 2012, galardão que permite que os escritores emergentes tenham prioridade de acesso a um programa da União Europeia para que o seu livro seja traduzido em várias línguas. 

Quando A Boneca de Kokoschka saiu pela primeira vez em Portugal, em 2010 na editora Quetzal, o crítico Pedro Mexia escrevia no Ípsilon que este livro de Afonso Cruz se lê “como uma sucessão de invenções ficcionais e ficcionadas, em registo geralmente poético ou irónico”. Personagens como o homem que tem uma loja de pássaros em Dresden e pensa ouvir vozes; um rapaz judeu, Isaac Dresner, que se esconde numa cave e que mais velho dirá que tem uma livraria de almas mortas ou um escritor que roubou um manuscrito a Thomas Mann fazem parte deste romance que passa também pela história do pintor Oskar Kokoschka e de Alma Mahler. Daí o título - A Boneca de Kokoschka - desta obra que foi entretanto reeditada em Portugal pela Companhia das Letras e saiu no Brasil pela Dublinense.

“Alma foi o primeiro beijo de Klimt – disse Samuel  Tóth – foi amante de Alexander Zemlinsky, casou com Gustav Mahler. Foi viúva de Gustav Mahler. Casou com Qalter Gropius e com outros. Mal havia acabado de enviuvar do compositor Gustav Mahler, e durante três anos, ela e Oskar Kokoschka tiveram um romance febril. Houve períodos em que a família já não o podia ouvir aos gritos. Berrava por Alma.”, lê-se a determinada altura deste livro do escritor português que é autor de  vários obras de diversos géneros, entre os quais O vício dos livros que foi publicado em Abril.

“O pintor Oskar Kokoschka estava tão apaixonado por Alma Mahler que, quando a relação acabou, mandou construir uma boneca, de tamanho real, com todos os pormenores da sua amada. (…) Kokoschka, longe de esconder a sua paixão, passeava a boneca pela cidade e levava-a à ópera.”

Para saber o fim que Afonso Cruz deu a esta história e o que aconteceu na realidade apareça no próximo Encontro de Leituras, o clube de leitura do PÚBLICO e da Folha de S. Paulo, que junta leitores de língua portuguesa, acontece uma vez por mês na plataforma Zoom e discute romances, ensaios, memórias, literatura de viagem e obras de jornalismo literário, na presença de um escritor, editor ou especialista convidado. O evento está marcado para 14 de Setembro, às 22h de Lisboa (18h de Brasília), numa sessão Zoom com a ID 912 9667 0245 e a senha de acesso 547272.

O escritor, ilustrador, cineasta e músico da banda The Soaked Lamb é o convidado da sessão que será moderada pela jornalista Isabel Coutinho, responsável pelo site do PÚBLICO dedicado aos livros, o Leituras, e pelo jornalista da Folha de S. Paulo Eduardo Sombini, apresentador do Ilustríssima Conversa, podcast de livros de não-ficção.

Pelo Encontro já passaram Laurentino Gomes, Fernanda Torres, Afonso Reis Cabral, Jeferson Tenório, Marília Garcia, José Luís Peixoto, Nádia Battella Gotlib, biógrafa de Clarice Lispector, ​Valter Hugo Mãe e Ondjaki.

O podcast do Encontro de Leituras pode ser ouvido no Spotify, no Soundcloud, no iTunes e noutras aplicações para podcast