Prisão de irmãos iraquianos suspeitos de pertencer ao Daesh deixa colegas e amigos “em choque”

Quem lidava com os irmãos, que se encontram em prisão preventiva desde quinta-feira, procura digerir a notícia. Um deles trabalhou mais de três anos num projecto de inclusão laboral de refugiados.

Foto
Nelson Garrido

A notícia provocou “um grande choque” no restaurante Mezze, no Mercado de Arroios, em Lisboa. Yasser, que ali trabalhara mais de três anos, fora detido pela Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária sob suspeita pertencer ao Daesh — Estado Islâmico.

Sugerir correcção
Ler 11 comentários