Gouveia e Melo: “Percebemos logo que era um acto terrorista”

No 11 de Setembro, a primeira tarefa da esquadrilha do coordenador da task-force da vacinação foi elaborar planos relacionados com os submarinos portugueses. Este é um dos depoimentos recolhidos pelo PÚBLICO para assinalar a data.

Foto
Vice-almeirante Gouveia e Melo Rui Gaudêncio

Na altura, eu estava na Esquadrilha de Submarinos, era o chefe de Estado-Maior [da Autoridade Nacional para o Controlo de Operações de Submarinos] e soube o que estava a acontecer porque um dos oficiais me chamou a atenção, de que algo se tinha passado nos Estados Unidos. Estava no comando, no [Arsenal do] Alfeite, onde havia sempre uma televisão ligada.

Sugerir correcção
Ler 7 comentários