The Modernist: De patinho feio a tesouro modernista de Faro

Havia quem o apelidasse de “prédio mais feio de Faro”, mas Christophe e Angelique viram ali a oportunidade de criar seis apartamentos turísticos e destacar uma faceta pouco valorizada da cidade algarvia: a arquitectura modernista do século XX.

Fotogaleria
The Modernist abriu ao público em Maio Duarte Drago
hoteis,faro,viagens,fugas,artes,arquitectura,
Fotogaleria
Está localizado bem no centro da cidade, com vista para a Ria Formosa no horizonte Duarte Drago
hoteis,faro,viagens,fugas,artes,arquitectura,
Fotogaleria
Angelique e Christophe de Oliveira já estão a preparar a abertura do próximo projecto em Faro Duarte Drago
Serviços de design de interiores
Fotogaleria
The Modernist é composto por seis apartamentos, dois por piso Duarte Drago
hoteis,faro,viagens,fugas,artes,arquitectura,
Fotogaleria
Foram desenhados em "open space" para dar amplitude e luz a todo o espaço Duarte Drago
Fotogaleria
Uma página do guia sobre arquitectura modernista em Faro criado por Christophe e Angelique Duarte Drago
hoteis,faro,viagens,fugas,artes,arquitectura,
Fotogaleria
A unidade de alojamento integra ainda um pátio interior ajardinado, com esplanada Duarte Drago
Fotogaleria
O prédio do The Modernist era apelidado na cidade como "o mais feio" de Faro Duarte Drago
Fotogaleria
Junto à Rua Dr. Pereira de Sousa desenvolve-se um bairro com vários exemplos de edifícios Art Deco Duarte Drago
Fotogaleria
Junto à Rua Dr. Pereira de Sousa desenvolve-se um bairro com vários exemplos de edifícios Art Deco Duarte Drago
Fotogaleria
Junto à Rua Dr. Pereira de Sousa desenvolve-se um bairro com vários exemplos de edifícios Art Deco Duarte Drago

“Para nós, isto é um tesouro escondido”, aponta Christophe de Oliveira em frente à fachada de mais um edifício modernista de Faro, com as suas varandas largas e azulejos coloridos. Foi a proposta do The Modernist que nos aguçou a curiosidade e despoletou toda uma viagem pelo legado arquitectónico do Movimento Modernista na cidade, mas como já trazemos a lição estudada do passeio no dia anterior, Christophe e Angelique levam-nos antes a “ver o lado B”, mais focado na Art Deco, corrente que precedeu, e de certa forma abriu caminho, ao traço mais disruptivo do modernismo.