Por uma DGS menos temerosa

Com toda a sua morosidade e hesitações em torno do referencial para as escolas, a Direcção-Geral da Saúde anda, mais uma vez, a namorar o desastre comunicacional.

Ao longo desta pandemia, as escolas têm sido o barómetro mais claro para perceber de que forma nos vamos aproximando ou afastando da normalidade em que um dia vivemos, com menos preocupações de saúde e muito menos barreiras de convivência entre nós.