A última temporada de Tiago Rodrigues busca a diversidade de quem conta as histórias

Devendo cessar funções no Teatro Nacional D. Maria II até final do ano, o futuro director do Festival de Avignon despede-se com uma temporada que reforça a revisitação dos clássicos e procura garantir um acesso mais igualitário aos palcos. Entrarão em cena, entre muitos outros, Caroline Guiela Nguyen e Faustin Linyekula, mas também Joana Craveiro, O Bando ou Cleo Diára, Isabél Zuaa e Nádia Yracema.

Foto
Saigão trará pela primeira vez a Portugal o trabalho da encenadora franco-vietnamita Caroline Guiela Nguyen Jean-Louis Fernandez

Tiago Rodrigues não terá pensado a programação da temporada 2021/22 como a sua derradeira à frente da direcção artística do Teatro Nacional D. Maria II. Mas agora que são tornados públicos os últimos meses que desenhou antes de se entregar por inteiro a funções semelhantes no Festival de Avignon, reconhece que, ao “levantar a cabeça da água, respirar fundo e perceber a visão geral da temporada”, esta “encapsula as linhas gerais do projecto para o D. Maria II nos últimos seis anos e as linhas fortes daquilo que estava a ser preparado para o futuro”, explica ao PÚBLICO.