Conímbriga tem um anfiteatro e outras pérolas escondidas. Há um plano para as mostrar

Recém-chegado à direcção do Museu Monográfico Nacional de Conímbriga, Vítor Dias quer que os trabalhos arqueológicos sejam regulares e alargar área exposta.

Foto

Imediatamente a Norte da Casa dos Repuxos – talvez o ponto mais imediatamente reconhecível do Museu Monográfico Nacional de Conímbriga - há um recorte no solo. Dali foram retirados sedimentos e estão à vista estruturas de pedra que darão continuidade à casa. “Esta é a origem de algo que esperemos que tenha continuidade na próxima década”, introduz o novo director do museu, Vítor Dias.