Fotografar as margens do Tejo pode valer até 1500 euros

O Porto de Lisboa pretende celebrar o Tejo e as suas margens através do desafio fotográfico “1 porto, 2 margens, 11 municípios, 200 km para fotografar”. As candidaturas estão abertas até 15 de Outubro.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Porto de Lisboa retomou o concurso fotográfico “1 porto, 2 margens, 11 municípios, 200 km para fotografar”, que tinha lançado no âmbito do 133.º aniversário do Porto de Lisboa e que estava suspenso por causa do confinamento. Através deste desafio que pretende celebrar o Tejo, a Administração do Porto de Lisboa (APL) convida os amantes de fotografia a captarem o rio e as suas margens, as paisagens e as singularidades de toda a zona ribeirinha.

“São 200 quilómetros de margem e os territórios dos onze municípios que abraçam o estuário do Tejo”, que podem ser retratados, diz a organização. Qualquer pessoa pode concorrer e o regulamento pode ser lido aquiAs fotografias premiadas serão escolhidas por um júri nomeado pela APL e poderão valer aos concorrentes prémios dos 300 aos 1500 euros. 

Para além de prémios financeiros, a fotografia vencedora será ampliada e exposta na Gare Marítima de Alcântara. As restantes poderão ser apreciadas no site do Porto de Lisboa.

As candidaturas estão abertas até 15 de Outubro através do formulário disponível a página oficial do evento. 

Texto editado por Ana Maria Henriques