Sopra-me sonhos nos Alpes, Saype: "Um novo sopro de vida" em tempo de pandemia

Depois de mãos dadas na África do Sul ou em Istambul e pinturas mais recentes na neve alpina, o artista francês Saype voltou às montanhas para deixar agora a sua marca no Moleson: 1500 metros quadrados de sonho e esperança, com uma alegria quase infantil. "Precisamos de um pouco de leveza", de "um pouco de sonho, de imaginação". De esperança.

EPA/VALENTIN FLAURAUD
Fotogaleria
EPA/VALENTIN FLAURAUD

O senhor do projecto Beyond Walls, já com várias e marcantes passagens pelo mundo, meteu agora os seus sonhos e as suas mãos nos Alpes suíços. 

O projecto monumental do artista francês Saype, 32 anos, apresenta-se agora no topo do Moleson e, segundo o artista, citado pela Reuters, tem por objectivo encorajar uma abordagem mais contemplativa da vida e inspirar-nos um lado maravilhoso do mundo com os olhos de uma criança e com nuvens à deriva.

A obra, de cerca de 1500 metros quadrados, chama-se
Un nouveau souffle (Um Novo sopro de Vida; um recomeço com esperança) e tem vista para a área de Gruyères.

Utilizando tintas biodegradáveis feitas de pigmentos naturais como carvão e giz, retrata um rapazinho a soprar bolhas numa área célebre para admirar as nuvens.

"Penso que estamos num mundo que é superpesado e precisamos de um pouco de leveza", disse Saype à Reuters. "Acredito que as nuvens são também um pouco de sonho, de imaginação", refere.

"Quando éramos crianças, estávamos sempre a imaginar formas nas nuvens. E acredito que agora é também um momento para respirarmos fundo e - também com leveza - reaprendermos a criar, usando a imaginação, o mundo de amanhã".

Conhecido por enormes obras de graffiti e land art, pensadas para serem vistas do ar e/ou ao longe, Saype também criou obras em locais tão díspares como um bairro da lata sul-africano e o relvado das Nações Unidas em Genebra.

Reuters/DENIS BALIBOUSE
Reuters/DENIS BALIBOUSE
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
Reuters/DENIS BALIBOUSE
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD