Relaxem, a liberdade não está em risco no bar da escola

No essencial do seu espírito, esta é uma medida razoável, mais exemplar do que impositiva, que equilibra bem a liberdade individual e a promoção da saúde. Desta vez os liberais deviam deixar o revólver repousar no coldre.

Saiu este mês o último livro de Cass Sunstein, constitucionalista de Harvard, e Richard Thaler, economista de Chicago, Nobel em 2017. Na verdade, é só uma nova versão actualizada de Nudge, um livro famoso sobre economia comportamental e o papel do Estado na orientação das nossas escolhas individuais, que foi publicado originalmente em 2008 e se transformou numa das obras mais influentes do pensamento sobre políticas públicas da última década. Sunstein e Thaler pretendem demonstrar que o Estado, apesar de se dever conter o máximo possível na imposição de comportamentos, pode contribuir para a tomada de decisões pessoais mais livres e racionais através dos incentivos que introduz nas suas políticas, por exemplo na área da saúde ou da poupança para a reforma (nudge significa qualquer coisa como “pequeno empurrão”).

Sugerir correcção
Ler 5 comentários