Traçado o percurso do pimento até ao seu estrelato global

Estudo genético a mais de dez mil amostras de pimentos de 130 países permitiu seguir a ascensão deste vegetal depois ter saído das Américas.

Foto
Pimentos doces e picantes da espécie Caspicum annuum, a mais consumida Pasquale Tripodi

Há uns avermelhados, outros mais verdinhos ou alguns mais amarelados. Também há quem goste mais deles doces e quem prefira os mais picantes. Hoje os pimentos ocupam uma boa parte da culinária um pouco por todo o mundo – mas como chegaram eles ao estrelato global? A história da ascensão dos pimentos vem traçada na última edição da revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS). Nesta narrativa contada através de dados genéticos falam-se dos locais originários deste vegetal e incluem-se novos centros de diversidade pelo mundo. Há ainda espaço para incluir relatos de como as viagens dos portugueses no século XVI contribuíram para a dispersão do pimento.