Covid-19 empurra Barraqueiro para um prejuízo de 18 milhões

Efeito da pandemia no maior grupo privado de transportes em Portugal provocou uma queda generalizada nas receitas, com os proveitos operacionais a caírem 33% para 313 milhões de euros no ano passado.

Foto
Humberto Pedrosa controla a maioria do capital do grupo de transportes ricardo campos

Com a pandemia de covid-19 a limitar ou até a bloquear a circulação de pessoas, o grupo Barraqueiro registou um prejuízo de 18,3 milhões de euros no ano passado, valor que compara com o lucro de 10,6 milhões de euros de 2019.