Comissão Europeia questiona sobrevivência e viabilidade da TAP

Cai por terra a ilusão alimentada por Governo, TAP e Presidente da República sobre a aprovação fácil do plano. Fica claro que ou se iludiram e nos iludiram ou não nos disseram a verdade.

A sobrevivência da TAP depende da aprovação pela Comissão Europeia do Plano de Reestruturação, apresentado a 10 de dezembro de 2020. Em carta de 16 de julho ao Governo português, “a Comissão conclui que, nesta fase, o auxílio à reestruturação não parece ir ao encontro das condições de compatibilidade com o mercado interno”. Em português corrente, chumba o plano.