Taliban avançam no Afeganistão e lançam Europa e EUA num jogo de culpas

No dia em que taliban conquistaram a sexta capital de província, o Governo britânico disse que alguns aliados não aceitaram um pedido para ficarem no terreno. Na Alemanha, o acordo assinado por Donald Trump foi descrito como “o princípio do fim”.

Foto
Soldado afegão em Herat JALIL REZAYEE/EPA

À medida que os taliban vão conquistando terreno no Afeganistão, com os olhos postos no centro do poder, em Cabul, crescem os sinais de que o avanço dos fundamentalistas islâmicos é visto como um facto consumado nos Estados Unidos e na Europa.

Sugerir correcção
Ler 21 comentários