Representação portuguesa na Bienal de Arte de Veneza deverá ser conhecida em Setembro

Direcção-Geral das Artes reconhece atraso do concurso, que deveria ter sido aberto em Junho, mas adianta que o conselho de consultores vai escolher os curadores convidados esta sexta-feira. Mais de uma vintena de países já anunciaram os seus representantes.

Foto
Na Bienal de Arte de 2019, Portugal fez-se representar por uma instalação de Leonor Antunes NICK ASH

O concurso que deveria ter sido aberto em Junho continua por lançar, mas a Direcção-Geral das Artes garante já ter iniciado o processo de que vai resultar a escolha da representação portuguesa na Bienal de Arte de Veneza de 2022. A 59.ª edição do evento irá decorrer de 23 de Abril a 27 de Novembro do próximo ano sob a curadoria geral de Cecilia Alemani, que se propôs trabalhar o tema da metamorfose.