Profissionais de saúde pedem norma clara sobre vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos

Norma da Direcção-Geral da Saúde ainda não está concluída. Profissionais de saúde esperam que tal aconteça em breve. Para já desconhece-se a lista de doenças elegíveis.

Foto
Na Madeira, a vacinação universal dos jovens entre os 12 e os 15 anos já começou LUSA/HOMEM DE GOUVEIA

Desde a última semana, quando se começou a falar de forma mais intensiva da vacinação dos mais jovens contra a covid-19, que aos centros de saúde têm chegado contactos de pais a pedir conselhos e informações. Mas não há muito que os médicos e enfermeiros possam para já adiantar. A norma da Direcção-Geral da Saúde (DGS) ainda não está publicada, está a ser elaborada e será concluída “brevemente”, segundo o organismo liderado por Graça Freitas. Os profissionais de saúde esperam que tal aconteça em breve e pedem que a norma seja clara quanto aos critérios para a vacinação. Também ainda não se conhece a lista de doenças elegíveis para a vacinação prioritária.