O Mezze Escola quer formar refugiados e imigrantes na área da restauração

A parceria entre a Associação Pão a Pão e a Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa visa capacitar refugiados e imigrantes e prepará-los para um futuro melhor. Há 20 vagas para a formação (que começa em Setembro) e as candidaturas já abriram.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Em 2017 o Mercado de Arroios via nascer o restaurante Mezze, pautado por uma característica diferente: além de servir comida do Médio Oriente, todos os funcionários eram refugiados sírios. Na época, antes da grande abertura, tinha sido estabelecido um protocolo com a Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa (EHTL) no qual os refugiados recebiam uma formação de um mês que os capacitava e diminuía a dificuldade em encontrar emprego por falta de experiência laboral.