Reconstruir melhor

Reconstruir melhor passa naturalmente por melhorar a performance da economia. Mas isso não chega. Tem de passar também por uma melhor redistribuição da riqueza, que proteja melhor os mais fracos, que crie melhores oportunidades para todos.

1. Se esta pandemia que nos atingiu a todos, independentemente no lugar onde nascemos e vivemos, pode ter tido alguma coisa de bom foi ter sublinhado a nossa comum condição humana. É verdade que o sofrimento que causou não foi nem é igual no mundo inteiro. É mais fácil suportá-la para quem vive em países desenvolvidos, que dispõem de toda a espécie de recursos para minimizar os seus efeitos devastadores na vida e na saúde ou na economia. A Economist lembrava que, se excluirmos a China, os países que não são ricos representam 68 por cento da população mundial, mas 85 por cento das mortes por covid-19. Nesses países, apenas 5 por cento das pessoas com mais de 12 anos estão vacinadas, para valores incomparavelmente mais altos nos Estados Unidos e na Europa.