Há vários tesouros a “azul e ouro” que nunca foram vistos juntos em Portugal

Museu Nacional Soares dos Reis, no Porto, apresenta exposição inédita de esmaltes artísticos, que depois serão mostrados também em Coimbra e Lisboa.

cultura,patrimonio,artes,culturaipsilon,
Fotogaleria
Dois cofres do final do século XII são as peças mais antigas na exposição Nelson Garrido
cultura,patrimonio,artes,culturaipsilon,
Fotogaleria
Cálices, relicários, custódias, cruzes processionais são expressões da temática religiosa Nelson Garrido
cultura,patrimonio,artes,culturaipsilon,
Fotogaleria
As placas inspiradas nas gravuras da Pequena Paixão, de Albrecht Dürer Nelson Garrido
,Idade Média
Fotogaleria
Placa feita por Martins LLano da Pequena Paixão Nelson Garrido
cultura,patrimonio,artes,culturaipsilon,
Fotogaleria
O tríptico da Paixão de Cristo, do Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, Évora Nelson Garrido
artes,culturaipsilon,
Fotogaleria
Cálices, relicários, custódias, cruzes processionais na exposição Azul e Ouro Nelson Garrido
artes,culturaipsilon,
Fotogaleria
Cálices, relicários, custódias, cruzes processionais são expressões da temática religiosa Nelson Garrido
Exibição de arte
Fotogaleria
A exposição Azul e Ouro vai ficar patente no Museu Soares dos Reis até 31 de Outubro Nelson Garrido

É uma colecção e, principalmente, uma iniciativa inédita em Portugal: Azul e Ouro é o título da exposição de esmaltes artísticos que o Museu Nacional Soares dos Reis (MNSR) inaugurou esta quinta-feira no Porto, sendo a primeira vez que se realiza uma mostra do género entre nós.