A rapidez dos pobres

Toda a gente sabe que o que conta não é a quantidade de dinheiro que se tem, mas a facilidade de arranjá-lo.

Porque é que ninguém fica estupefacto quando estes figurões, que dizem que só têm uma palhota e um burro, arranjam instantaneamente milhões de euros para não ter de passar mais uma noite na prisão?