Dorian Keletela foi aos Jogos Olímpicos: “Correr por Portugal? Não digo que não”

Treinado por Francis Obikwelu e a representar a Equipa Olímpica dos Refugiados, o velocista natural do Congo ganhou uma eliminatória em Tóquio.

Foto
Dorian Keletela correu pela equipa dos refugiados em Tóquio Reuters/LUCY NICHOLSON

Usain Bolt deixou as corridas olímpicas há cinco anos. Despediu-se de forma perfeita no Rio de Janeiro, com três títulos, e não vai voltar. Em Tóquio procura-se o sucessor do jamaicano e tudo começa nas eliminatórias. Ou, para sermos mais rigorosos, nas pré-eliminatórias, ainda sem os mais cotados. E é lá que encontramos Karalo Maibuta, que fixou o recorde nacional de Tuvalu (11,42s), Nathan Crumpton, sprinter pela Samoa Americana e antigo atleta de skeleton pelos EUA nos Jogos de Inverno, ou Dorian Keletela, da Equipa Olímpica dos Refugiados (ROT), que vive em Portugal e é treinado por um vice-campeão olímpico.