Vacinas só para crianças com doenças de risco? Especialistas dividem-se

Autoridades de saúde precisam de analisar dados antes de alargar vacinação às restantes crianças e jovens. Especialistas ouvidos pelo PÚBLICO têm opiniões diferentes sobre o alargamento da vacinação infantil, mas concordam num ponto: exclusividade do teste negativo para crianças entre os 12 e os 15 anos no acesso a restaurantes e serviços não é correcta.

Foto
Para já, apenas jovens com doenças de risco vão receber vacina contra a covid-19 Rui Gaudencio/Arquivo

Portugal só vai vacinar, para já, os jovens dos 12 aos 15 anos que têm doenças de risco para a covid-19: ​a decisão, que teve por base as indicações da Comissão Técnica de Vacinação, foi anunciada esta sexta-feira pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas.