Primeiros a frequentar programa UPskill já assinaram contrato de trabalho. Mulheres representam um quarto

Programa que forma desempregados ou subempregados em linguagem de programação e gestão de plataformas tecnológicas começou com 430 e não com mil, como se previa

Foto

Fernando José Rocha Botelho e Ana Catarina Arnaud Hristoff então entre os primeiros 54 a concluir as várias fases do UPskill – Digital Skills & Jobs, o programa destinado a (re)qualificar para o digital profissionais desempregados ou subempregados. Acabam de assinar contratos sem termo com uma empresa do sector de tecnologias da informação e da comunicação (TIC).