Vacinação covid-19: mais de 200 mil auto-agendamentos realizados em dois dias

Com uma procura grande e um número de vacinas limitado, há centros de vacinação que já só têm vagas disponíveis a partir de 18 de Agosto. Nas próximas semanas Portugal deve receber um milhão de vacinas.

Foto
Desde que foi criada, a 23 de Abril, que mais de 2,7 milhões de pessoas fizeram a marcação da vacina através da plataforma para o auto-agendamento Ricardo Lopes

Desde que a marcação online da vacina contra a covid-19 para as pessoas com 18 ou mais anos ficou disponível, na quarta-feira ao início da tarde, que “foram realizados mais de 200 mil auto-agendamentos”, revelou ao PÚBLICO fonte da task force da vacinação. Com uma procura grande e um número de vacinas limitado, há centros de vacinação que já só têm vagas disponíveis a partir de 18 de Agosto. Desde que foi criada, a 23 de Abril, que mais de 2,7 milhões de pessoas fizeram a marcação da vacina através da plataforma para o auto-agendamento.

A maioria destes mais de 200 mil pedidos de auto-agendamento “foi feita a 28 de Julho, dia em que ficou disponível o auto-agendamento para pessoas com 18 ou mais anos”, disse a task force. Foi a grande afluência que fez com que na quarta-feira, pouco depois da marcação online para os mais jovens ter sido aberta, a plataforma de agendamento tivesse ficado indisponível durante cerca de três horas.

O auto-agendamento para os 18 e mais anos deveria ter ficado disponível na semana anterior, mas a entrega de quantidades menores de vacinas, face ao inicialmente previsto, acabou por adiar o processo. Espera-se que nas próximas semanas Portugal receba um milhão de vacinas, o que vai permitir aumentar o número de vagas nos centros de vacinação e com isso as disponibilidades no auto-agendamento, que corre em paralelo com o agendamento central. Além de que é preciso assegurar as segundas doses daqueles que já iniciaram o processo vacinal.

Por esse motivo, muitos jovens que quiseram fazer o auto-agendamento tiveram dificuldades em encontrar uma vaga no centro de vacinação pretendido ou vagas em datas próximas. “As vagas disponibilizadas, por centro de vacinação (CVC), no Portal do Agendamento correspondem a uma matriz de disponibilidade de vacinas e capacidades de funcionamento por CVC, que são atribuídas pela coordenação da task force do Plano de vacinação contra a Covid-19 em Portugal”, explica a mesma, acrescentando que “as disponibilidades apresentadas no Portal do Agendamento são variáveis ao longo dos dias, considerando o número de vacinas disponibilizadas e a capacidade vacinal dos centros de vacinação”.

A task force da vacinação dá alguns exemplos de centros de vacinação em Lisboa e áreas circundantes. No Pavilhão Municipal de Vila Franca de Xira - Cevadeiro – primeiras disponibilidades são a 6 de Agosto, no Pavilhão Municipal Rita Borralho, na Amadora, a 7 de Agosto e no Pavilhão Multiúsos de Odivelas a 8 de Agosto. Já na cidade de Lisboa as primeiras vagas disponíveis são daqui a duas semanas. Casos do Pavilhão Desportivo da Ajuda (dia 17 de Agosto), Pavilhão 1 do Estádio Universitário (dia 18), Comunidade Hindu de Portugal (dia 18) e Escola Politécnica (dia 18).