Açores, Gerês, Alentejo e (muito) Algarve. Políticos preferem destinos “cá dentro” nestas férias

Na hora de escolher destinos de férias são poucas as diferenças entre a esquerda e a direita. A maioria dos políticos prefere passar as férias em Portugal e são raros os que arriscam alterar os seus tradicionais itinerários. Ainda que haja paragens a Norte, o Algarve continua a ser a principal escolha, do PCP ao Chega.

partidos-politicos,catarina-martins,marcelo-rebelo-sousa,politica,rui-rio,jeronimo-sousa,
Fotogaleria
Duarte Drago
partidos-politicos,catarina-martins,marcelo-rebelo-sousa,politica,rui-rio,jeronimo-sousa,
Fotogaleria
O Gerês é o destino eleito pela líder e deputada do PAN, Inês Sousa Real, e pela deputada do mesmo partido, Bebiana Cunha Teresa Pacheco Miranda

Com Agosto à porta e um modelo de desconfinamento muito diferente do do último Verão, os principais protagonistas políticos continuam a optar por férias em solo português e são raros aqueles que, mesmo com certificado de vacinação, vão além fronteiras. Com as eleições autárquicas agendadas para Setembro, muitos afirmam que irão dividir o tempo entre o descanso e a preparação da corrida eleitoral (e até obras em casa). Da esquerda à direita, há escolhas do Gerês ao tradicional Algarve. Mas em Belém ainda não se sabe por onde Marcelo Rebelo de Sousa irá passar durante as próximas semanas. E só um dos políticos ouvidos pelo PÚBLICO é que irá a uma região autónoma: o vice-presidente da bancada parlamentar do PS, João Paulo Correia, viajará até aos Açores.